CEI
BM&FBOVESPA

Dúvidas sobre o CEI

A B3 foi criada em março de 2017 como fruto da combinação entre a BM&FBOVESPA e a Cetip. Com isso, o CEI passou a apresentar, além das informações relacionadas ao segmento BM&FBOVESPA, as posições e movimentações financeiras do Segmento Cetip UTVM, que até então eram divulgadas apenas no portal Meus Investimentos. Acompanhe seus investimentos de forma consolidada.

1. O que é o Canal Eletrônico do Investidor (CEI)?

O Canal Eletrônico do Investidor (CEI) permite ao investidor consultar informações sobre saldos e histórico de todos os seus investimentos na B3 (ações, derivativos, renda fixa, Tesouro Direto, proventos, Empréstimo de ativos e muito mais).

2. O que é o portal Meus Investimentos?

O portal Meus Investimentos é o portal da Cetip, que possibilita que o investidor acesse seu extrato de valores mobiliários – como debêntures, CRIs, CRAs – e derivativos balcão. Além disso, clientes de instituições credenciadas no Certifica também podem consultar outros instrumentos registrados na B3, incluindo ativos de renda fixa, como CDB, LCI, LCA e LC. Agora, essas informações podem ser consultadas de forma consolidada, junto às informações do segmento BM&FBOVESPA, aqui no CEI.

3. O que há de novo no CEI?

A partir de agora, investidores que possuem acesso ao CEI poderão consultar também as posições exibidas no portal Meus Investimentos relativas aos ativos registrados na Cetip. Na página inicial, basta acessar o “Segmento Cetip UTVM” e acompanhar as informações consolidadas. A novidade propicia checar os seus investimentos na B3 de forma consolidada, através de um acesso único por CPF/CNPJ.

4. Quais informações agora também podem ser acessadas no CEI?

Além de todo conteúdo já conhecido pelo usuário do CEI, novas informações passarão a ser exibidas em tela. Trata-se de dados de posições e movimentações em valores mobiliários (debêntures, CRI, CRA) e derivativos de balcão. Além disso, clientes de instituições credenciadas no Certifica também podem consultar no portal outros instrumentos registrados na B3, incluindo ativos de renda fixa, como CDB, LCI, LCA e LC. O investidor poderá visualizar, conforme o caso, posição e movimentações relativas a:

• Mercado de Ações;

• Mercado de Derivativos;

• Mercado Futuro;

• Tesouro Direto;

• Mercado de Renda Fixa;

• BTC;

• Ativos depositados para garantias de posições.

5. O que é o Certifica?

O Certifica é uma certificação que comprova o registro da aplicação do cliente na B3, identificando o CPF ou CNPJ em determinados investimentos. É o selo que propicia aos clientes das instituições financeiras credenciadas - como bancos e corretoras - a segurança e transparência dos investimentos registrados na B3. Conheça mais sobre o produto, os ativos contemplados e as instituições credenciadas em: https://www.cetip.com.br/cetipcertifica.

6. Minha instituição de relacionamento aderiu ao Certifica?

Para visualizar a lista das instituições aderidas ao Certifica acesse https://www.cetip.com.br/cetipcertifica e fique seguro de que seus investimentos estão devidamente registrados e identificados na B3 em seu nome.

7. O que é o segmento Cetip UTVM?

O segmento Cetip UTVM traz as informações que antes eram disponibilizadas apenas no portal Meus Investimentos. Consulte seu extrato de valores mobiliários – como debêntures, CRIs, CRAs – derivativos balcão, além de ativos de renda fixa, como CDB, LCI, LCA e LC, se você for cliente das instituições credenciadas no Certifica.

8. O que é segmento BM&FBOVESPA?

As informações sobre o segmento BM&FBOVESPA continuam dispostas como sempre foram aqui no CEI. Agora elas ficaram concentradas no item de segmento BM&FBOVESPA e estão divididas em categorias: Carteira de ativos, Derivativos, Proventos e Empréstimo de ativos.

9. Tenho investimento no banco/corretora X, mas não vejo o meu ativo no CEI. Por quê?

Como a instituição que realizou o investimento para você não é credenciada no Certifica, o seu investimento não aparece para consulta no CEI. Você terá acesso a essas informações apenas quando a instituição constar na lista de credenciadas disponível em https://www.cetip.com.br/cetipcertifica. Aproveite também para saber mais sobre o produto e o porquê dele ser importante para o investidor.

10. Por que não vejo o valor financeiro das minhas aplicações no segmento Cetip UTVM?

Desde o final de outubro de 2017, o CEI passou a disponibilizar para investidores que também tem posições no segmento Cetip UTVM, as informações relativas a esses investimentos. Neste primeiro momento, as informações recém incluídas do segmento Cetip UTVM dentro do CEI são as mesmas já apresentadas no portal Meus Investimentos. Com isso, naturalmente, algumas podem não estar padronizadas com as informadas no segmento BM&FBOVESPA, como acontece, por exemplo, com valores financeiros exibidos na página inicial. Temos um projeto em andamento que visa justamente a unificação do grau de detalhamento das informações apresentadas, melhorando cada vez mais a experiência e relevância do canal para o investidor.

Para visualizar o valor financeiro que você aplicou, basta consultar no menu “Valores Mobiliários / Derivativos” e/ou “Certifica” a informação disponível na coluna “Valor financeiro (R$)” na tabela de Movimentações. Para mais detalhes, entre em contato com a instituição em que você realizou a aplicação.

11. Os extratos dos segmentos BM&FBOVESPA e Cetip UTVM serão consolidados?

Por enquanto, não. O extrato dos Segmentos BM&F e BOVESPA são semelhantes a um extrato bancário, informando o saldo e as movimentações dos ativos (compras, vendas e transferências) ocorridas durante o mês, bem como informações dos proventos creditados ou provisionados. A periodicidade deste extrato é mensal e no CEI é possível consultar os extratos dos últimos 18 meses.

Já o extrato do Segmento Cetip UTVM apresenta as informações referentes a valores mobiliários como debêntures, CRI, CRA e derivativos de balcão como termo de moedas, swap e opções flexíveis. Além disso, se a instituição pela qual o investidor fez uma aplicação for credenciada ao Certifica, as informações de ativos de renda fixa tais como CDB, LCI, LCA e LC também serão apresentadas. O Investidor poderá consultar essas informações separadamente através do menu “Investimentos” ou de forma consolidada no menu “Extratos e informativos” > “Extrato Cetip UTVM” via download.

Semelhante a um extrato bancário, os investimentos feitos e as movimentações ocorridas em um período de tempo definido por você (limitado a janeiro 2016) são disponibilizados em tela, sendo possível também o download em Excel e impressão quando quiser, diariamente, com informações atualizadas em D+1;

12. Por que não recebo extrato do segmento Cetip UTVM?

O extrato do segmento Cetip UTVM é disponibilizado para consulta no portal CEI ou Meus Investimentos. Nos dois canais a distribuição é on-line, ou seja, o investidor acompanha as informações de seus investimentos via consulta em tela ou download em excel ou PDF, portanto não são enviadas vias físicas ou por e-mail para o investidor.

13. Possuo contas em várias instituições, como consulto estas informações?

No CEI, as informações estarão disponíveis em um único login por CPF/CNPJ. Portanto, quando você acessar o CEI, as informações de todas as suas contas ativas (ainda que sejam de diferentes instituições) estarão listadas em cada menu de Investimentos, inclusive aquelas que eram referentes apenas à Cetip.

14. É preciso fazer um cadastro para usar o CEI?

O investidor não precisa fazer um cadastro específico para acessar o CEI, nem mesmo para consulta de informações do Segmento Cetip UTVM, se aplicável. No momento em que a instituição registra a sua conta na B3, automaticamente a senha de acesso ao CEI é enviada para o e-mail cadastrado na instituição ou pelos Correios (também para seu endereço de cadastro).

15. Existe um histórico das posições em custódia no CEI?

Sim, na tela do CEI o investidor poderá acessar as posições em custódia dos últimos 60 dias. Para as informações do segmento Cetip UTVM a data limite é Janeiro/2016.

16. Gostaria de receber extratos por e-mail. O que devo fazer?

Ao acessar o CEI, no menu superior “Extratos e Informativos”, escolha o item “Configurar envio de Extratos” e a instituição para a qual deseja modificar a opção de recebimento. Após a escolha da instituição, uma tela de opções aparecerá. Nessa tela, desabilite a opção "Correios" e clique no item “E-mail”. Haverá envio de extrato físico ou por e-mail apenas para o segmento BM&FBOVESPA, uma vez que o extrato Cetip UTVM é disponibilizado apenas on-line dentro do CEI.

17. Se eu tiver com posição acionária zerada receberei o extrato por e-mail?

O extrato pode conter mais do que a posição acionária, portanto, em alguns casos, o recebimento pode acontecer. O extrato é gerado no final de cada mês para os investidores que tenham saldo de ativos e proventos no último dia útil do mês e para aqueles que realizaram alguma movimentação ao longo do mês.

18. Se eu optar pelo recebimento por e-mail, poderei cancelar o envio dos informativos impressos?

Sim. No menu superior do CEI “Extratos e Informativos”, escolha o item “Configurar Envio de Extratos” e a instituição para a qual deseja modificar a opção de recebimento. Após a escolha da instituição, uma tela de opções aparecerá. Nessa tela, desabilite a opção "Correios".

19. Se eu tiver contas em várias instituições, preciso cancelar o envio dos informativos impressos para cada uma delas?

Sim. Como as informações são apresentadas por instituição, é necessário realizar esse processo na página “Configurar Envio de Extratos” para cada uma das instituições em que você possuir conta.

20. Solicitei a desativação do envio do Extrato impresso e depois de um tempo voltei a recebê-lo. Por que isso aconteceu?

O principal motivo de um investidor voltar a receber correspondências impressas é garantir que o investidor receba suas informações por pelo menos um dos meios disponíveis: Eletrônico ou por Correio.

Se por alguma razão o e-mail enviado voltar por motivo de e-mail inexistente, inválido, ou ter sido considerado lixo eletrônico, o sistema automaticamente voltará a enviar os documentos por correio. Esta ação não se aplica ao Segmento Cetip UTVM.

21. Esqueci a minha senha de acesso ao CEI ou minha senha foi bloqueada. O que faço?

Na área de login da página inicial do CEI (https://cei.b3.com.br/), clique em "Esqueci minha senha". Ao clicar nessa opção, você será direcionado para a página “Recuperação de Senha” e deverá preencher as informações necessárias nos campos seguintes:

• CPF/CNPJ – Digitar o número do CPF ou do CNPJ.

• Continuar – Clicar nesse botão para o sistema identificar o meio de envio da senha.

• Enviar senha – Clicar nesse botão para confirmar o envio da senha.

Importante! O sistema permite o envio de apenas uma nova senha por dia e, a cada solicitação de senha, a anterior é anulada. Por isso, se você solicitar mais de uma nova senha para o mesmo agente de custódia será preciso aguardar a senha referente à sua última solicitação para acessar o CEI.

22. O CEI não aceita uma combinação de senha, o que fazer?

A senha cadastrada deve seguir as seguintes regras:

• Tamanho mínimo de 8 e máximo de 16 caracteres;

• Deve ser diferente das 6 últimas senhas já utilizadas;

• Deve conter, pelo menos: um número, um caractere alfabético e um caractere especial;

• Os caracteres especiais aceitos são somente: !@#$%/*-+? ;

• Após 3 tentativas inválidas a senha será bloqueada.

A cada 180 dias, você deverá alterar sua senha de acesso ao CEI por uma nova. A troca é necessária por medida de segurança e sempre que solicitar nova senha ou sua senha for bloqueada.

23. Minha senha de acesso está expirada, o que devo fazer?

Por medida de segurança, a cada 180 dias é preciso trocar sua senha de acesso ao CEI, pois ela expira. Quando sua senha expirar, você receberá uma mensagem na tela do sistema e o mesmo lhe redirecionará para a página de troca de senha.

24. Como é enviada a nova senha de acesso gerada na página “Recuperação de Senha”?

Caso você possua e-mail cadastrado no CEI e escolha a opção “E-mail”, a senha será enviada a seu endereço eletrônico. Se você não possuir e-mail a opção “Correios” será automaticamente selecionada, e a senha será enviada para o endereço mais atual cadastrado pela instituição com a qual mantém relacionamento.

25. Por que o CEI envia carta informando sobre a alteração de e-mail?

Por medida de segurança, sempre que o investidor alterar o e-mail para o envio dos informativos, ele será comunicado por uma carta impressa e/ou por e-mail (caso haja algum e-mail cadastrado no CEI). Esta ação não se aplica ao segmento Cetip UTVM.

26. Não estou recebendo os e-mails com extrato do segmento BM&FBOVESPA. O que devo fazer?

Se você possuir e-mail cadastrado no CEI, verifique se ele está cadastrado corretamente. Verifique também se a sua caixa postal não está lotada ou se o provedor não está barrando seu recebimento. Por ser enviado automaticamente pelo CEI, o e-mail pode ser considerado um spam e bloqueado.

Para garantir o recebimento de informativos do CEI, entre em contato com o seu provedor e solicite a liberação do domínio (cei@bvmf.com.br) para a sua caixa de entrada de e-mails. Esta ação não se aplica ao segmento Cetip UTVM.

27. A senha de acesso ao CEI é a mesma senha que utilizo para abrir os extratos enviados por email?

Não. Em caso de esquecimento da senha de acesso ao CEI, solicite outra no link “Esqueci minha Senha”. A senha dos extratos enviados por e-mail é diferente da senha de acesso ao CEI e pode ser visualizada dentro do canal na página “Senha dos Extratos Enviados por E-mail”. Esta ação não se aplica ao segmento Cetip UTVM.

28. Como faço para acessar os meus extratos e avisos pelo CEI?

Ao acessar o CEI com seu CPF ou CNPJ e sua senha de acesso, você poderá visualizar a opção “Extratos e Informativos” no menu superior da página inicial. Ao passar o mouse nessa opção, serão exibidos todos os tipos de extratos e avisos disponíveis para consulta. Atualmente o investidor poderá ter acesso a até três tipos de extratos, de acordo com a posição que mantém em cada segmento (BM&F, BOVESPA e Cetip).

29. Como faço para abrir meus extratos e avisos recebidos por e-mail?

Os extratos e avisos enviados por e-mail são protegidos pela “Senha dos extratos enviados por e-mail”. Caso não possua ou não lembre dessa senha, você pode visualizá-la acessando o CEI no menu “Senhas”, clicando em “Senha dos extratos enviados por e-mail” e em “Visualizar senha”. Você pode alterá-la na opção de troca de senha. Esta ação não se aplica ao segmento Cetip UTVM.

30. Não recebi a senha dos extratos enviados por e-mail. Como posso consultá-la?

Caso não possua ou não lembre sua senha, você pode visualizá-la acessando o CEI no menu “Senhas”, clicando na opção “Senha dos extratos enviados por e-mail”. Você pode consultá-la na opção ”Visualizar senha” ou alterá-la na opção de troca de senha.

31. Possuo mais de uma conta em uma mesma instituição. Como acesso as informações destas contas?

A partir de agora, o CEI passará a consolidar as informações dos segmentos BM&F, BOVESPA e Cetip UTVM por instituição. Portanto, com seu CPF/CNPJ e a sua senha do CEI, você terá acesso às informações de todas as instituições em que possui contas ativas, inclusive aquelas que eram referentes apenas à Cetip.

32. Alterei minha senha dos extratos enviados por e-mail e, depois disso, não consegui mais abrir os extratos anteriores. O que aconteceu?

A senha dos extratos enviados por e-mail, quando alterada, é fixa para todos os extratos recebidos a partir da data de troca dessa senha. Os arquivos recebidos antes da alteração continuarão a ser abertos com a senha anterior ao cadastramento.

A senha anterior à troca poderá ser consultada acessando o CEI no menu “Senhas”, clicando em “Senha dos extratos enviados por e-mail” e “Visualizar senha”.

33. Quando recebi minha nova senha do CEI e tentei alterá-la no meu primeiro acesso, apareceu a mensagem “Senha inválida”.

Você deve se atentar sobre as regras da senha, que diferenciam maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais e também atentar-se à data de emissão ou do pedido desta nova senha tendo certeza que esta é a ultima senha solicitada.

34. Outras dúvidas?

Você pode contatar o nosso Serviço de Atendimento ao Público (SAP) pelo link http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/canais-de-atendimento/ ou pelo telefone 11 3272-7373.